FIGURAS FEMININAS: HISTÓRIA E ESTÓRIAS COM MULHERES

Authors:ALDINIDA DE MEDEIROS SOUZA 1, ANA LUÍSA VILELA 2, FABIO MARIO DA SILVA 3
Institution1 UEPB - Universidade Estadual da Paraíba (Brasil), 2 UÉvora - Universidade de Évora (Évora/Portugal), 3 UNIFESPA - UNIFESPA (Brasil)

Abstract

Por compreendermos que os estudos literários, através da ficção, concorrem para o aprimoramento da História oficial, consideramos que História e Literatura sempre estiveram interligadas, pois são constituídas por uma realidade discursiva na qual cada falante/escritor produz diversos discursos, dentro de uma realidade interpretada por diferentes pontos de vista. Assim, a Literatura e a História constituem duas áreas diferentes, mas apresentam estreitas afinidades e interseções. Partindo do exposto, este Simpósio se propõe a acolher e discutir comunicações que apresentem como tema as mulheres: seja para contemplar a autoria feminina, seja para abordar as representações e figurações femininas no texto literário e /ou histórico. Desse modo, o tema abrange tanto figuras históricas, quanto aquelas que são, simultaneamente, personagens da ficção, e igualmente outras figuras que são apenas representações no universo das narrativas ficcionais. A proposta deste Simpósio contempla textos e análises referentes a qualquer período da História, da Literatura e de áreas afins, em que a mulher seja ou esteja no foco. Isto por considerarmos que as figuras femininas tanto fazem História como escrevem estórias, de modo que, quer no âmbito da narratologia quer através de outra corrente teórico-crítica, as mulheres são mais que meras figurantes – pelo contrário, são figuras com trajetórias destacadas, sujeitos de discursos múltiplos e lugares confirmados na luta por um mundo mais justo.

Keywords: Mulheres, Sujeitos de enunciação, História, Narrativas, Ficção


Minicurrículo:

ALDINIDA DE MEDEIROS SOUZA

Professora de Literaturas de Língua Portuguesa na Universidade Estadual da Paraíba. Líder do Grupo de Pesquisa Estudos Literários Lusófonos (CNPq). Atua em pesquisas que tratam das relações entre Literatura, História e questões de gênero. Orienta trabalhos nas áreas de Literatura Portuguesa e Literatura Comparada. Tem publicado livros, capítulos e artigos em periódicos científicos. Apresentou, em 2016, ensaio de conclusão de Pós-doutoramento à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.



ANA LUÍSA VILELA

Professora de Literatura Portuguesa na Universidade de Évora; membro do CLP (FLUC). Investigadora em estudos queirosianos e literatura portuguesa contemporânea. Integra a equipa responsável pela edição crítica das obras de Eça de Queirós. Coordena a edição de inéditos de Raul de Carvalho. Tratou e inventariou o espólio de Florbela Espanca (Vila Viçosa). Tem publicado, organizado e orientado livros, mestrado e doutoramento, capítulos de livros, ensaios e entradas de dicionários.



FABIO MARIO DA SILVA

Professor de Literatura Portuguesa da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. É vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Letras (POSLET) do ILLA (Instituto de Linguística, Letras e Artes). É pós-doutor em Literatura Portuguesa pela Universidade de São Paulo. É doutor em Literatura e mestre em Estudos Lusófonos. É pesquisador do CNPq, no seguinte projeto: "Figurações do feminino: Florbela Espanca evt alii", sediado na Universidade Federal de Sergipe