NARRATIVAS DA VIOLÊNCIA: ESTÉTICAS E PROPOSIÇÕES POLÍTICAS NA ARTE BRASILEIRA

Authors:CILENE MARGARETE PEREIRA 1, LUCIANO MARCOS DIAS CAVALCANTI 1
Institution1 UNINCOR - Universidade Vale do Rio Verde (Minas Gerais/Brasil)

Abstract

O temário da violência é abordado em nosso universo literário desde sua formação: “[...] transposta em temas literários, [nossa história] comporta uma violência de múltiplos matizes, tons e semitons, que pode ser encontrada assim desde as origens, tanto em prosa quanto em poesia: a conquista, a ocupação, a colonização, o aniquilamento dos índios, a escravidão, as lutas pela independência, a formação das cidades e dos latifúndios, os processos de industrialização, o imperialismo, as ditaduras...” (PELEGRINI, 2005, p. 134). Nas últimas décadas, porém, o tema ganhou destaque em nossa literatura, identificado a partir de três eixos principais: o recente contexto ditatorial do país e suas consequências na ordem interna dos sujeitos, sobretudo na ideia de violência institucionalizada; o crescimento de grandes e médias cidades e do fluxo migratório, desencadeando a fragmentação de laços sociais e afetivos, e o fosso socioeconômico entre ricos e pobres, estabelecendo a ideia de “cidade cindida”, termo de Pelegrini (2005, p. 137). Associado a estes três aspectos, podemos também apontar a “violência simbólica”, conforme a entende Bourdieu, visto a existência, neste contexto, de relações de dominação que são naturalizadas pelos dominados. Tais aspectos parecem contornar a ideia de violência não só em nossa literatura recente, mas também na canção popular e no cinema, entendidos, aqui, como artes reflexivas e de proposição política. A partir desse contexto, este simpósio propõe debater o temário da violência na arte brasileira contemporânea a partir de dois recortes: 1. trabalhos que versem sobre o tema da violência (física, institucional ou simbólica) na literatura, no cinema ou na canção popular de nosso país; 2. exame de produções brasileiras realizadas a partir da década de 1960.

Keywords: narrativas brasileiras, violência, literatura, cinema, canção popular


Minicurrículo:

CILENE MARGARETE PEREIRA

Doutora e Mestra em Teoria e História Literária pela UNICAMP, com Pós-Doutorado em História Social da Cultura pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da UNICAMP. Líder do grupo de pesquisa Minas Gerais - diálogos e Editora da Revista RECORTE. Atualmente, é professora de Teoria Literária e Literatura Brasileira do Mestrado em Letras da Universidade Vale do Rio Verde e Coordenadora do Programa.



LUCIANO MARCOS DIAS CAVALCANTI

Graduado em Letras: Língua Portuguesa e suas respectivas literaturas pela Universidade Federal de Ouro Preto, Mestre em Letras: Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Minas Gerais, Doutor em Teoria e História Literária pela Universidade Estadual de Campinas, com pós-doutorado no Departamento de Literatura Brasileira da UNESP/Araraquara. Docente do Programa de Mestrado em Letras da Universidade Vale do Rio Verde e editor da Revista Recorte.