LIVROS DIDÁTICOS/MANUAIS ESCOLARES LUSO-AFRO-BRASILEIROS E O ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Authors:FRANCISCA IZABEL PEREIRA MACIEL 1, JOÃO PAULO BALULA , ARACY ALVES MARTINS 1
Institution1 UFMG - Universidade Federal de Minas Gerais (Brasil)

Abstract

Livros didáticos/Manuais escolares luso-afro-brasileiros e o ensino da língua portuguesa

Em muitos contextos educacionais, os manuais escolares/livros didáticos determinam o currículo visível e ocupam um papel importante na formação de conhecimentos, valores, atitudes e comportamentos dos alunos. É um dos o recursos didáticos mais acessível para alunos e professores,  mas é também fortemente influenciado pelas decisões de políticas nacionais e internacionais.

Dando prioridade aos trabalhos de investigação que se enquadrem na proposta do Simpósio Livros didáticos/Manuais escolares luso-afro-brasileiros e o ensino da língua portuguesa , pretendemos promover um amplo debate e os diálogos possíveis entre alunos, professores, manuais escolares/livros didáticos de língua portuguesa sob diferentes perspectivas: editoriais, políticas, pedagógicas, sócio culturais. Nesse sentido, as propostas poderão contemplar os seguintes eixos:     

  •  a análise de políticas atuais de avaliação de livros didáticos/manuais escolares de Português;
  • a análise das relações entre a língua oficial e as línguas maternas e nacionais de cada país;
  • a análise da presença/ausência da cultura do país nos livros didáticos/manuais escolares;
  • a análise de apropriações dos livros didáticos/manuais escolares pelos professores e alunos;
  • a análise de temáticas ligadas à diferença, à diversidade e às relações étnico-raciais, bem como aos aspetos culturais de cada país;
  • a análise sobre as representações de infância e juventude nos livros didáticos/manuais escolares.

 

Keywords: Políticas de manuais escolares, Avaliação de livros didáticos, Livros didáticos e língua materna, Política educativa


Minicurrículo:

FRANCISCA IZABEL PEREIRA MACIEL
Doutora em Educação. Professora da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte (Brasil); investigadora do Centro de Alfabetização, Leitura e Escrita (Ceale) da FaE/UFMG; coordenadora da pesquisa “Alfabetização no Brasil, o estado do conhecimento”. Desenvolve investigação em alfabetização, leitura e escrita de crianças, jovens e adultos, análise e usos de manuais escolares, práticas sociais de letramentos em contextos escolares e não escolares.

JOÃO PAULO BALULA

Doutor em Didática pela Universidade de Aveiro; Professor Coordenador da Escola Superior de Educação (ESEV-IPV) do Instituto Politécnico de Viseu (Portugal); Presidente da ESEV-IPV; investigador do Centro de Estudos em Educação, Tecnologias e Saúde (CI&DETS) do IPV; coordenador de uma equipa científico-pedagógica da ESEV-IPV para a avaliação de manuais escolares de Português do 3.º Ciclo do Ensino Básico.



ARACY ALVES MARTINS

Doutora em Educação, Professora Associada Aposentada da Faculdade de Educação, da Universidade Federal de Minas Gerais/UFMG. Pesquisadora do GPELL-Grupo de Pesquisa do Letramento Literário/Ceale e do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Ações Afirmativas/NERA. Coordenadora do NEPEHLA-Diretório CNPq. Tem experiência na área da Linguagem, sobre os temas: letramento literário, formação de professores e de leitores, manuais escolares, relações raciais, tensões entre línguas