ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA, GÊNEROS TEXTUAIS / DISCURSIVOS E TECNOLOGIAS: UM OLHAR PARA O PROFLETRAS

Authors:ACIR MÁRIO KARWOSKI 1, MARIA APARECIDA RESENDE OTONNI 2, BENEDITO GOMES BEZERRA 3,4
Institution1 UFTM - Universidade Federal do Triângulo Mineiro (Minas Gerais / Brasil), 2 UFU - Universidade Federal de Uberlândia (Minas Gerais / Brasil), 3 UPE - Universidade de Pernambuco (Pernambuco / Brasil), 4 UNICAP - Universidade Católica de Pernambuco (Pernambuco / Brasil)

Abstract

Conforme explicita o documento norteador da CAPES, o objetivo do Mestrado Profissional em Letras - Profletras é qualificar o professor de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental (1.º ao 9.º anos), de escola da rede pública, em efetivo exercício, para: i) atuar com os multiletramentos exigidos no mundo globalizado com a presença da internet; ii) indicar os meios adequados para a abordagem de diferentes gêneros discursivos em suportes digitais e não digitais, focalizando práticas de leitura, de análise e de produção textual; e iii) elaborar material didático inovador que lance mão, quando conveniente e relevante, de recursos tecnológicos modernos à disposição. Durante o curso, os mestrandos do ProfLetras identificam um problema nas turmas com as quais trabalham, relacionado ao ensino de Língua Portuguesa e/ou Literatura, elaboram uma proposta didática de intervenção à luz dos conhecimentos teórico-metodológicos construídos, aplicam essa proposta e fazem um relato e análise dessa aplicação e dos resultados do estudo. Desse modo, tem-se uma pesquisa na escola, para a escola e com a escola como um investimento com vistas a contribuir para a melhoria da qualidade do ensino no país. Contudo, consideramos necessário e relevante discutir o que se tem produzido nesse Programa, os reflexos do ProfLetras na constituição identitária dos professores egressos e na prática de ensino e aprendizagem de Língua Portuguesa e Literatura, os entraves e as potencialidades. É necessário ainda discutir se os trabalhos realizados no ProfLetras respondem aos desafios educacionais do Brasil contemporâneo, considerando princípios fundamentais da construção de uma educação linguística que vise a práticas sociais mediadas pela linguagem. Tendo em vista tudo isso e acrescentando a recente publicação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) do Ensino Fundamental, este simpósio pretende reunir trabalhos voltados às questões do ensino de Língua Portuguesa e o papel desempenhado pelo ProfLetras na formação de professores no Brasil.

Keywords: Ensino, Língua Portuguesa, Gêneros textuais/discursivos, Tecnologias, Profletras.


Minicurrículo:

ACIR MÁRIO KARWOSKI

Doutor em Letras: Estudos linguísticos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Pós-Doutor em Educação pela University of California Santa Barbara (UCSB) com bolsa CAPES. É professor associado do Departamento de Linguística e Língua Portuguesa da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) em Uberaba - Minas Gerais. Seus estudos contemplam os temas educação e linguagens; gêneros textuais / discursivos; novas tecnologias digitais; letramentos acadêmicos; oralidade e escrita em diversos contextos sociais.



MARIA APARECIDA RESENDE OTONNI

Doutora em Linguística pela Universidade de Brasília (UnB). É professora associada do Instituto de Letras e Linguística da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Seus estudos contemplam os seguintes temas: gêneros textuais / discursivos; ensino de Língua Portuguesa; análise crítica dos discursos; identidade; representação de atores sociais; humor.



BENEDITO GOMES BEZERRA

Doutor em Letras/Linguística pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). É professor da Universidade de Pernambuco (UPE), Campus Mata Norte, e da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). Atua no Programa de Mestrado Profissional em Letras - PROFLETRAS/UPE e no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem/PPGCL, do qual atualmente é coordenador. Atua principalmente nos seguintes temas: análise de gêneros acadêmicos e digitais; leitura e produção de textos; letramentos acadêmicos.