RASURAS DO EU: POÉTICAS E NARRATIVAS QUE PROBLEMATIZAM O CONFESSIONAL E O BIOGRÁFICO NA CONTEMPORANEIDADE

Authors:ALESSANDRA LEILA BORGES GOMES FERNANDES 1, FLÁVIA ANINGER DE BARROS ROCHA 1, ALANA DE OLIVEIRA FREITAS EL FAHL 1
Institution1 UEFS - Universidade Estadual de Feira de Santana (Bahia/Brasil)

Abstract

A união de elementos (auto)biográficos e confessionais com elementos estéticos, fatos históricos, valores políticos-culturais e experiências geracionais resulta num jogo entre interior e exterior, em que poetas e escritores não apenas se metamorfoseiam em personagens, criando sujeitos analíticos, capazes de se distanciarem do autor para melhor observá-lo, mas, sobretudo, deslizam para um lugar de estranhamento ou espanto com a matéria vivida, permitindo que dela nasçam outras vozes e outros olhares. Este simpósio pretende reunir estudos acerca da hibridização entre (auto)biografia e ficção, tipo de mescla que aponta para um investimento da escrita criativa que, propositadamente, opera com a manipulação de interferências, diálogos e rasuras de eus, que se multiplicam em personae, desvelando objetos artísticos com contornos aparentemente confessionais. Partindo do pressuposto de que essa escolha abre um novo espaço para a rediscussão do íntimo e pessoal, do público e do privado, interessam-nos análises que enfoquem as produções culturais contemporâneas cujas relações entre o autobiográfico e o ficcional, o público e o privado se mesclam, desfronteirizando as noções de gêneros literários e textuais.  Nesse sentido, entram em debate um referencial teórico que vai desde a revisão do estatuto da literatura feita pela modernidade (Watt, Bauman), passando pela releitura do processo mimético das artes (Aristóteles, Auerbach, João Adolfo Hansen) até às concepções pós-modernas de sujeito descentrado, precário, móvel (pós-estruturalismo), bem como dos novos papéis que os criadores adquirem na cena contemporânea (Canclini, Canevacci), pontuando, também, a ideia da espetacularização do privado, do biográfico e confessional (Debord, Bauman, Giddens, Zeldin, André Lázaro), onde a cena contemporânea mais se alimenta.

Keywords: (auto)biografia , subjetividade, narrativas, poeticidade, contemporaneidade


Minicurrículo:

ALESSANDRA LEILA BORGES GOMES FERNANDES

Professora Titular da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Graduada em Letras Vernáculas e mestre em Literatura pela UFBA; doutora em Estudos Literários pela UFMG. Pós-Doutorado pela USP. Coordenadora da Pós-Graduação em Estudos Literários (PROGEL-UEFS). Atua em Estudos Literários, dedicando-se aos temas: literaturas de língua portuguesa, literatura comparada, linguagem poética, autobiografia e escritas do eu. É ficcionista, com sete livros publicados.



FLÁVIA ANINGER DE BARROS ROCHA
Graduada em Letras com Inglês (UEFS) e mestre em Literatura e Diversidade Cultural (UEFS). Doutorado em Teorias e Críticas da Literatura e da Cultura pela Universidade Federal da Bahia. É professora adjunta da Universidade Estadual de Feira de Santana. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Literatura Brasileira e Teoria da Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos de Guimarães Rosa, intertextualidade, amor na literatura.

ALANA DE OLIVEIRA FREITAS EL FAHL

Professora Titular de Literatura Portuguesa e Brasileira da Universidade Estadual de Feira de Santana. Atua na graduação, especialização, mestrado em Estudos Literários e Profletras. Doutora em Teorias e Críticas da Literatura e da Cultura pela Universidade Federal da Bahia (2009), Mestre em Literatura e Diversidade Cultural pela Universidade Estadual de Feira de Santana (2003).