SER-ESTAR-ENTRE-LÍNGUAS-CULTURAS: LÍNGUA, IDENTIDADE E FORMAÇÃO DE PROFESSORES

Authors:ANGELA DERLISE STÜBE 1, BEATRIZ MARIA ECKERT-HOFF 2
Institution1 UFFS - Universidade Federal Fronteira Sul (Chapecó/Brasil), 2 UDF - Universidade do Distrito Federal (Brasília/Brasil)

Abstract

Este Simpósio tem por objetivo congregar pesquisas que tomem a relação língua e identidade em seu escopo para, então, discutir consequências ao ensino-aprendizagem e à formação de professores. Consiste em discutir traços de identificação que permitam compreender como os sujeitos se constituem na e pela linguagem, dado o constante ser/estar entre línguas-culturas, com diversos grupos de identitários que habitam o espaço escolar ou outros espaços educativos não-formais. Temos como recorte, trabalhar com sujeitos que, marcadamente apresentam uma relação entre-línguas-culturas, tais como: imigrantes e seus descendentes, refugiados, indígenas, entre outros. O propósito é abordar diversos corpora, que podem abarcar desde 1) discurso sobre a(s) língua(s) e sobre o sujeito, que possibilitam compreender como produzem efeitos no imaginário sobre as línguas e sobre os sujeitos; quanto 2) discurso do sujeito coletados em diversas práticas discursivas. Do ponto de vista teórico, situamo-nos na interface da análise do discurso com teorias que abordem o sujeito em sua constituição linguística, histórica e social. Em decorrência disso, no entremeio dos estudos discursivos, buscamos uma concepção de sujeito que contemple a heterogeneidade e a contradição que lhe é inerente, como também as determinações histórico-sociais – permeadas pelo desejo e pelo inconsciente – que lhe são próprias. A importância dessa discussão consiste em compreender quem é esse sujeito inserido espaço entre-línguas-culturas e como o contato entre grupos de identidades diversas, marcados por línguas e culturas diferentes, produzem marcas na constituição identitária/subjetiva deste sujeito e, por sua vez, consequências para o processo de ensino e de aprendizagem.

Keywords: Língua, Discurso, Cultura, Identidade, Formação de Professores


Minicurrículo:

ANGELA DERLISE STÜBE

Doutora em Linguística Aplicada (UNICAMP), Mestre em Letras (UFSM), Graduada em Letras. Professora da Universidade Federal da Fronteira Sul, atua no Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos (PPGEL). Trabalha com: formação de professores, identidade, análise de discurso, políticas lingüísticas. Membro do GT "Práticas Identitárias em Lingüística Aplicada", na ANPOLL; líder do grupo de pesquisa "língua(gem), discurso e subjetividade"; integrante do "Fronteiras: Laboratório de Estudos do Discurso" e coordenadora do PPGEL.



BEATRIZ MARIA ECKERT-HOFF

Pós-Doutora pela USP/São Paulo e pela Christian-Albrechts-Universität zu Kiel, Alemanha. Doutora em Linguística Aplicada pela UNICAMP, com estágio sanduíche na ESES de Portugal. Mestre em Letras na UFSM. Membro do GT da ANPOLL "Práticas Identitárias em Lingüística Aplicada". Integrante do grupo de pesquisa "Da Torre de Marfim à Torre de Babel" UNICAMP. Professora no Programa Stricto Sensu, Mestrado em Linguística na UNICSUL/SP e  Reitora da UDF/Brasília.