LEITURA, ESCRITA E ENSINO: ABORDAGENS ENUNCIATIVAS

Authors:MÁRCIA HELENA DE MELO PEREIRA 1, CRISTIANE DALL’ CORTIVO LEBLER 2
Institution1 UESB - Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Bahia/Brasil ), 2 UNISC - Universidade de Santa Cruz do Sul (Rio Grande do Sul/Brasil )

Abstract

Neste simpósio, pretendemos reunir pesquisadores para discutir questões de leitura e de escrita na perspectiva do que se pode chamar de Linguística da Enunciação, conforme definição dada por Flores e Teixeira (2005) em sua obra Introdução à Linguística da Enunciação. De acordo com esses autores, fazem parte do campo da enunciação teóricos que: a) estabelecem uma relação com as ideias de Ferdinand de Saussure; b) contribuem para o estabelecimento de um pensamento sobre a enunciação na linguagem. Como sabemos, a enunciação tem seu primeiro sentido como ato produtor do enunciado, tal como propõe Benveniste, mas deve ser pensada também como uma instância linguística pressuposta pela existência do enunciado. Tendo em vista essa delimitação epistemológica, quatro caminhos poderão ser contemplados, a partir da abordagem dialógica do discurso proposta por Mikhail Bakhtin e da abordagem argumentativa desenvolvida por Marion Carel e Oswald Ducrot: questões teóricas e metodológicas de tratamento da enunciação; a diversidade dos procedimentos enunciativos, em gêneros discursivos e tipos textuais diferentes; investigações de natureza teórica e/ou aplicada sobre língua materna, cujo foco recaia sobre os processos de produção e/ou recepção, na modalidade escrita, que tenham como objeto de estudo o próprio uso, a aprendizagem ou o ensino de língua materna sob um viés dialógico ou argumentativo; questões relacionadas à argumentação linguística e ao estudo do discurso com foco no desenvolvimento ou aprimoramento das habilidades de leitura e de escrita.

Keywords: enunciação, dialogia, argumentação


Minicurrículo:

MÁRCIA HELENA DE MELO PEREIRA

Doutora em Linguística Aplicada pela Universidade Estadual de Campinas. Professora do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários e docente do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística, ambos da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Suas áreas de interesse são: processo de construção de textos, gênese de textos, relação entre estilo individual e estilo de gênero, crítica genética, autoria e ensino de texto.



CRISTIANE DALL’ CORTIVO LEBLER
Doutora em Letras, área de concentração Linguística, pela PUCRS com estágio sanduíche na Ecole des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS). Atua como docente permanente no Programa de Pós-graduação em Letras e no Departamento de Letras da Universidade de Santa Cruz do Sul. Integra o GT da Anpoll Linguística do Texto e Análise da Conversação. Suas áreas de interesse são a argumentação, a semântica e a enunciação.