CONTEXTOS E PÚBLICOS NO ENSINO-APRENDIZAGEM DE PORTUGUÊS LÍNGUA ESTRANGEIRA

Authors:MARIA JOSÉ DOS REIS GROSSO 1, CATARINA ISABEL SOUSA GASPAR 2,2
Institution1 Universidade de Lisboa - Universidade de Lisboa (Portugal), 2 FLUL - Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (Portugal)

Abstract

Neste simpósio pretende-se refletir sobre o papel dos contextos e da sua relação com a diversidade de públicos no ensino-aprendizagem de Português Língua Estrangeira. Considerando que a dimensão socioeconómica, política e cultural da língua envolve diferentes falantes e públicos com saberes operativos diversificados, é pertinente que seja discutido o impacto dos contextos no aprendente e também nas formas de ensinar e de aprender.

No século XXI, o ensino-aprendizagem do português língua estrangeira faz-se em múltiplos espaços que integram um macro contexto transnacional, que se relaciona com a mobilidade de pessoas, com as suas necessidades de comunicação e de intercâmbio. Além disso, a mobilidade dos indivíduos leva a que hoje o ensino-aprendizagem de uma língua estrangeira se desenvolva também não apenas em um, mas em diferentes contextos de ensino-aprendizagem. Tal como a Língua Portuguesa, o ensino aprendizagem do Português Língua Estrangeira é cada vez mais pluricêntrico, isto é, tem uma grande multiplicidade de contextos e de agentes.   Considerando que o ensino de línguas estrangeiras se processa num sistema dinâmico complexo, que articula macro e micro contextos (Saville 2009), analisar-se-á o papel do contexto sob diferentes linhas temáticas: o perfil dos aprendentes, as estratégias de ensino-aprendizagem, a visibilidade da diversidade e da variação entre os macro e os micro contextos e também as possibilidades da  sua perceção.

Keywords: Contextos, perfis, português língua estrangeira, ensino-aprendizagem


Minicurrículo:

MARIA JOSÉ DOS REIS GROSSO

É doutorada em Linguística Aplicada pela Universidade de Lisboa e professora associada da mesma Universidade. Desde 2012 é também professora associada  na Universidade de Macau. Tem desenvolvido projetos de investigação, escrito sobre o português língua estrangeira , língua de acolhimento, política linguística (…)e feito formação de professores em Portugal e no estrangeiro. A sua principal  área de estudo  centra-se na Linguística Aplicada ao ensino-aprendizagem do Português como Língua Estrangeira



CATARINA ISABEL SOUSA GASPAR

Professora Auxiliar da área de Literaturas, Artes e Culturas da FLUL, onde é docente desde 2000. É doutorada em Linguística Latina pela Universidade de Lisboa. Desenvolve investigação em sociolinguística histórica, multilinguismo, português língua estrangeira e avaliação. É autora de livros, capítulos de livros e artigos científicos. Integra o Programa em Português Língua Estrangeira/Língua Segunda e é Diretora do Curso de Mestrado em Português como Língua Estrangeira/Língua Segunda.