FORMAÇÃO DOCENTE E MÚLTIPLAS LINGUAGENS NO PROCESSO EDUCATIVO

Authors:LEILA NASCIMENTO DA SILVA 1, JULIA MARIA RAPOSO GONÇALVES DE MELO LARRÉ 1, ANDERSON FERNANDES DE ALENCAR 1
Institution1 UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco (PE/Brasil)

Abstract

A proposta desse Simpósio é abarcar estudos que investigam o trabalho e a formação docente frente ao desafio de contribuir com a formação de sujeitos capazes de lidar com a pluralidade da linguagem e seus usos. Por múltiplas linguagens entende-se como todas as formas de significação e de mediação que, trazidas para o campo pedagógico, potencializam a produção de sentidos para o conhecimento científico, além de ampliar a formação cultural dos sujeitos ensinantes e aprendentes. A concepção de linguagem(ns) dada nessa linha de pesquisa seria embasada na vertente teórica que a trata como lugar de interlocução, como uma forma de interação humana. É por meio dela(s) que os sujeitos passam a compreender o mundo, a importância de sua ação no contexto em que estão inseridos e vão se completando e se constituindo pela interlocução, seja ela face a face ou por meio das tecnologias. Assim, em um mundo em que real e virtual se confundem, torna-se necessário conceber a linguagem também como instrumento de poder. Nesse contexto, a formação docente é compreendida como espaço de lutas e busca por diminuir as desigualdades sociais advindas também pelo não acesso a uma melhor compreensão do mundo que nos cerca. Essa é uma forma de dar maior relevância à natureza analítico-discursiva da pesquisa social desenvolvida por aqueles que apresentarão seus estudos dentro desse Simpósio.

Keywords: Formação docente, Múltiplas linguagens, Prática docente, Profissionalidade docente, Alfabetização


Minicurrículo:

LEILA NASCIMENTO DA SILVA

É Doutora em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e Professora Adjunta da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) - UAG. Tem participado de vários cursos de formação de professores, entre estes o PNAIC (Programa Pacto pela Alfabetização na Idade Certa). Desenvolve pesquisas referentes à prática docente e ensino de Língua Portuguesa, com ênfase na Alfabetização. É líder do grupo LINFOR (Linguagem e Formação docente).



JULIA MARIA RAPOSO GONÇALVES DE MELO LARRÉ

Doutora em Linguística pela UFPE e pós-doutora no Programa de Pós-graduação em Linguística da UFSCar, Julia é Professora Adjunto 2 de Língua Inglesa da UFRPE. É professora do Programa de Pós-graduação em Letras da UFPE. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em Lingüística Aplicada e Ensino de Língua Inglesa. Atualmente coordena o Grupo de Pesquisa LACELI (CNPq) (Linguagem, Ação, Crítica e Educação em Línguas).



ANDERSON FERNANDES DE ALENCAR

É mestre e doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP) e atua como Professor Adjunto na Universidade Federal Rural de Pernambuco / Unidade Acadêmica de Garanhuns. Tem experiência na área de ensino, pesquisa e extensão, atuando no campo da Informática na Educação e na Formação de Professores. É líder do grupo de pesquisa “Formação docente e processos educativos”, certificado pelo CNPq.