CONTRIBUIÇÕES DA LINGUÍSTICA PARA OS ESTUDOS DA LITERATURA INFANTO-JUVENIL

Authors:SIMONE LOPES BENEVIDES 1,2, JOSIANE SOUZA SOARES 4,1,3
Institution1 UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro (RIO DE JANEIRO / BRASIL), 2 CEFET/RJ - CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA CELSO SUCKOW DA FONSECA (RIO DE JANEIRO / BRASIL), 3 PROALFA - UERJ - PROGRAMA DE ALFABETIZAÇÃO, DOCUMENTAÇÃO E INFORMAÇÃO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (RIO DE JANEIRO / BRASIL), 4 CAP-UFRJ - COLÉGIO DE APLICAÇÃO DA UFRJ (RIO DE JANEIRO / BRASIL)

Abstract

Na segunda metade do século XX, a Linguística, enquanto ciência da linguagem, chega ao Brasil, provocando significativa mudança nos cursos de Letras. Se até aquele momento havia uma cisão entre os estudos da língua, em seus diferentes aspectos, e os estudos literários, é possível considerar que a divulgação  e  ampliação da Linguística, em suas diferentes abordagens teóricas,  vem colaborando para o estabelecimento de uma relação entre os estudos próprios do campo literário e aqueles do campo linguístico. Nessa perspectiva, a linguagem, seja a verbal seja a não-verbal, torna-se o elemento central, responsável pela organização da obra como produto estético. Outro ponto a ser considerado diz respeito ao crescimento dos estudos sobre a literatura endereçada a crianças e jovens, que também é impulsionado a partir da década de 1970, mas que carecendo, à época, de prestígio no campo da Literatura, fica a cargo de outras áreas, sobretudo, aquelas ligadas à Educação. Paulatinamente, a literatura infanto-juvenil foi se legitimando em território nacional, a partir de afirmação de seu valor artístico, e para isso contribuíram, também, os estudos que investigaram o seu potencial estético, evidenciando o trabalho com a linguagem, em suas diferentes manifestações, existentes em obras produzidas para crianças e jovens. Considerando, pois, a relação entre Linguística e Literatura, este simpósio tem como objetivo reunir pesquisadores que, partindo de diferentes abordagens dos estudos linguisticos e considerando o potencial estético-expressivo da palavra literária, tematizem os elementos deflagradores da literariedade na literatura infantil, abordando aspectos referentes à linguagem verbal, à ilustração, ao projeto gráfico, entre outros elementos que configuram o livro infantil e juvenil.

Keywords: Linguística, Literariedade, Literatura infanto-juvenil


Minicurrículo:

SIMONE LOPES BENEVIDES

Atualmente, atuo como professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca e faço parte da equipe de supervisão pedagógica do PROALFA /UERJ. Sou mestre e especialista em Língua Portuguesa pela UERJ, onde também desenvolvo minha tese de doutorado, que versa sobre o letramento literário, abordando aspectos relativos ao ensino de literatura na educação básica, incluindo a EJA.



JOSIANE SOUZA SOARES

Licenciada em Letras e Pedagogia, Especialista em Língua Portuguesa, Mestre em Educação na área de Linguagem, Subjetividade e Cultura e Doutoranda em Educação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Atuo como professora do Colégio de Aplicação da UFRJ. Temas de interesse: literatura, leitura, letramento, livro infantil e juvenil