PENSAR, FALAR, INTERAGIR EM PORTUGUÊS L2/LE: DESVENDANDO ASPECTOS RELEVANTES

Authors:ADRIANA FERREIRA DE SOUSA DE ALBUQUERQUE 1, ROSA MARINA DE BRITO MEYER 2
Institution1 PUC-Rio. - PUC-Rio. (BRASIL), 2 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (BRASIL)

Abstract

Aprendizes do português como língua estrangeira ou como segunda língua (doravante, PLE/PL2) em cursos de idiomas e nos Institutos de Letras das universidades não podem ser expostos apenas a estruturais formais da língua ou repetidamente submetidos a sequências de atividades presentes em materiais didáticos. Ensinar/aprender uma língua implica vivenciar este instrumento que os leve a pensar, falar e interagir eficientemente neste novo mundo linguístico  a ser conquistado. A imersão do aprendiz nesse universo de novos significantes, significados, ações e interações deve se realizar por meio de um sistema de plataformas didáticas (scaffolding, Vigotsky) que o levem a paulatinamente entrar em contato, reconhecer, assimilar e utilizá-las em favor da sua participação naquela comunidade falante.

            A propostadeste simpósio, portanto, é trocar considerações acadêmicas e experiências docentes pertinentes ao ensino de português para falantes de outras línguas que busca embasamento teórico e prático para questões relativas àaprendizagem de conteúdos gramaticais, pragmáticose interculturais. Ou seja, partimos da premissa de que o fato de ser falante nativo de português e/ou de ser formado em Letras não são condições suficientes para se estar, efetivamente, preparado para realizar um trabalho competentena área de ensino de PLE/PL2.

            Sendo assim, nosso objetivo mais premente neste VII SIMELP é contar com o maior número possível de trabalhos que apresentem resultados já obtidos nas pesquisas acadêmicas, em nível de pós-graduação Lato ou Strictu Sensu, bem como em experiências docentes concretas, nos últimos cinco anos. Pretende-se, assim, discutir a importância e a relevância dos estudos teóricos e dos recursos didáticos no processo de formação de profissionais que atuam nessa área ainda pouco investigada na academia.

Keywords: Pesquisa, Ensino, Português como segunda língua, Português como língua estrangeira


Minicurrículo:

ADRIANA FERREIRA DE SOUSA DE ALBUQUERQUE

É doutora e mestre em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Brasil). Atualmente é coordenadora dos cursos de graduação de Português para Estrangeiros e co-coordenadora do curso de Especialização “Formação de Professores Português para Estrangeiros” da PUC-Rio.



ROSA MARINA DE BRITO MEYER

Rosa Marina de Brito Meyer é doutora em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (Brasil), com um pós-doutorado em Interulturalismo aplicado às segundas línguas pela University od Alberta (UofA), Canadá, e outro em TIC’s aplicadas às segundas línguas pela State University of New York (SUNY), EUA. Com 8 livros publicados e mais de 70 teses e dissertações orientadas, atualmente é co-coordenadora do curso de Especialização.