FILOLOGIA TEXTUAL EM FOCO: EDIÇÃO E ESTUDO DE TEXTOS ESCRITOS EM LÍNGUA PORTUGUESA

Authors:RENATA FERREIRA COSTA 1, ANTONIETA BURITI DE SOUZA HOSOKAWA 2
Institution1 UFS - Universidade Federal de Sergipe (Sergipe/Brasil), 2 UFPB - Universidade Federal da Paraíba (Paraíba/Brasil)

Abstract

O objeto fundamental da Filologia é o texto escrito, do qual emerge uma série de preocupações, como as técnicas e os materiais que serviram à sua produção; se é autógrafo ou apógrafo, no caso de manuscritos; a quantidade e qualidade de cópias ou edições desse texto; o panorama histórico (social, econômico, cultural, biográfico) de sua produção ou, conforme Castro (1995, p. 604), “seus itinerários e lugares de pouso (coleções particulares, arquivos, bibliotecas); [...] sua conservação, mutilações e restauros”. Essas questões têm a ver com os aspectos materiais do texto, mas o trabalho dos filólogos vai além, preocupando-se com a análise ortográfica, gramatical, lexical e discursiva do texto e também com questões literárias, históricas, de autoria e de procedência, de modo a reunir todas as informações necessárias para o conhecimento da gênese e da transmissão do texto e que, assim, contribuam para a finalidade precípua da Filologia, que é a edição textual. A importância de editar textos manuscritos ou reeditar textos impressos encontra-se no fato de que os textos, seja qual for a sua natureza, apresentam, em menor ou maior grau, alterações incorporadas pela intervenção de copistas (dadas as sucessivas cópias manuscritas que se poderia fazer de um mesmo texto), revisores, tipógrafos ou editores, de modo que já não se reconhece a última intenção de seu autor. Daí a importância do labor filológico para dar a conhecer ao público-leitor textos fidedignos, livres das alterações realizadas por terceiros através de sucessivas cópias manuscritas ou edições impressas, enfim, textos que podem ser lidos e analisados com confiança, porque foram estabelecidos com rigor científico. Desta forma, considerando a quantidade e a qualidade dos estudos filológicos no Brasil nas últimas décadas, este simpósio visa agregar pesquisas, especialmente no âmbito da Filologia Textual (lato e stricto sensu), cujos objetos sejam textos escritos em língua portuguesa.   

Keywords: Filologia Textual, Crítica Textual, Corpora, Texto Escrito, Língua Portuguesa


Minicurrículo:

RENATA FERREIRA COSTA

Professora Adjunta do Departamento de Letras Vernáculas e do Mestrado Profissional em Letras da Universidade Federal de Sergipe. Mestre e Doutora em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Atua nas áreas de Filologia, Linguística Histórica e História da Língua Portuguesa. Ademais, possui pesquisas relacionadas às temáticas: apropriação de fontes textuais, plágio, práticas de leitura e escrita e ensino/aprendizagem de português e espanhol como línguas estrangeiras.  



ANTONIETA BURITI DE SOUZA HOSOKAWA

Professora Associada, padrão 004, da Universidade Federal do Acre. Atualmente está lotada no Campus IV da UFPB. Mestre e doutora em Filologia e Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Letras, com ênfase em: Filologia Românica, Língua Latina e Linguística Histórica. Atua especialmente em léxico, língua portuguesa, morfologia, língua e variação.