A DIVERSIDADE DO ENSINO DE PORTUGUÊS NA REDE DOS INSTITUTOS FEDERAIS NO BRASIL E SEUS MÚLTIPLOS DESDOBRAMENTOS: REFLEXÕES, RESULTADOS E EXPERIÊNCIAS

Authors:SIDNEY DE SOUZA SILVA 1, RONALDO ELIAS BORGES 1,1, MABEL PETTERSEN PRUDENTE 2
Institution1 IFGoiano - Instituto Federal Goiano (Goiás/Brasil), 2 IFG - Instituto Federal Goiás (Goiás/Brasil)

Abstract

Este simpósio tem por objetivo reunir professores e pesquisadores interessados em discutir questões didáticas e metodológicas sobre o ensino de Língua Portuguesa no âmbito da rede dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia. A rede foi instituída em dezembro de 2008, é composta por 38 institutos federais, presentes em todos os estados brasileiros e visa oferecer cursos de qualificação, técnicos integrados ao ensino médio, de graduação (bacharelados, licenciaturas e tecnólogos) e pós-graduação lato e strico sensu. Nesse sentido, o professor que atua na rede – Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico – lida em seu cotidiano acadêmico com diferentes níveis e modalidades de ensino. Tratando-se especificamente do professor de Língua Portuguesa, o profissional atua desde o ensino regular de Língua Portuguesa no Ensino Médio, ministra aulas de Português Instrumental em cursos técnicos e tecnológicos, assim como se desdobra em cursos de licenciaturas, o que envolve cursos como Letras e Pedagogia e variadas disciplinas como Fundamentos da Língua Portuguesa, Metodologia do Ensino de Português, Estágio Docência, Literatura Infantil, dentre outras.  Visando uma melhor compreensão da atuação desse docente, abrimos espaço para discussão das experiências, desafios e resultados da atuação na rede, estimulando o aperfeiçoamento e o questionamento a respeito do ensino de Português nos seus mais variados âmbitos.

Keywords: Ensino de Português, Institutos Federais, Didática, Metodologia


Minicurrículo:

SIDNEY DE SOUZA SILVA

Professor do Instituto Federal Goiano desde 2009, Doutor em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás, Mestre em Letras e Linguística pela mesma universidade, autor do livro Língua em Contato: cenários de bilinguismo no Brasil.



RONALDO ELIAS BORGES

Professor do Instituto Federal Goiano desde 2006, Professor do Curso de Letras, da Universidade Estadual de Goiás – Campus Morrinhos (2000-2009). Mestre e Doutor em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás, Coordenador do Projeto de Pesquisa: Literatura e Interdisciplinaridade: trans-formando leitores no ensino médio (CNPq/FAPEG).



MABEL PETTERSEN PRUDENTE

Professora do Instituto Federal Goiás desde 2006, doutoranda em Letras e Linguística pela Universidade Federal de Goiás, mestre em Letras e Linguística pela mesma universidade. Atua na área de linguística, com ênfase em Ecolinguística e Bilinguismo. Líder do Núcleo Multicampi de Pesquisas e Estudos em Linguagem – NumPEL (IFG), também participa do Núcleo de Estudos de Imaginário e Ecolinguística (NELIM).