O PORTUGUÊS NAS PERSPECTIVAS ENUNCIATIVA, DISCURSIVA E   HISTORIOGRÁFICA

Authors:MARI NOELI KIEHL IAPECHINO 1, CLAUDIA ROBERTA TAVARES SILVA 1, HELENA TOPA VALENTIM 2
Institution1 UFRPE - Universidade Federal Rural de Pernambuco (Pernambuco/Brasil), 2 UNL/CLUNL - Universidade Nova de Lisboa (Lisboa/Portugal)

Abstract

A diversidade do Português como língua de herança e de/em contato manifesta-se nos planos enunciativo, pragmático-discursivo e sociolinguístico, com repercussão na historiografia linguística. Diante disso, esperamos com este simpósio temático proporcionar um contexto de discussão teórico-metodológica de trabalhos que combinarão um olhar focado sobre fenomenos enunciativos, discursivos e pragmáticos em relação com as dimensões sócio-histórico-culturais e político-ideológicas da língua. Neste quadro, temos presente o cenário (dito) pós-moderno, influenciado pela globalização, que tem promovido transformações das ordens social e cultural, de que vêm, inclusive, resultando tensões e a necessidade de negociações que, tantas vezes, impõem a reconfiguração das noções de fronteira linguística e de herança ou de língua como repositório memorialístico. Tendo em conta este estado de coisas, as propostas descritivas e explicativas deste simpósio temático poderão, no limite, questionar ou mesmo fundamentar fatos de política linguística, nacionais e transnacionais. Desse modo, o presente simpósio proporcionará, simultaneamente, a continuação das discussões feitas no SIMELP anterior e o seu enriquecimento, contando com os contributos de pesquisadores/as com filiações teórico-metodológicas em estudos da enunciação, do discurso, da pragmática, da sociolinguística e da historiografia linguística. Esperamos, com essas discussões, propiciar reflexões sobre a natureza e o papel social da língua; sobre sua constituição, usos e contatos; sobre suas fronteiras e [des]territorializações; e sobre as memórias e heranças por ela acionadas, em recortes diacrônicos e sincrônicos.

Keywords: Línguas de herança e de/em contato, discurso, enunciação, historiografia linguística


Minicurrículo:

MARI NOELI KIEHL IAPECHINO

Mari Noeli Kiehl é doutora em Estudos da Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP, 2004), com estágio pós-doutoral pelo Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada da Universidade Estadual do Ceará (2013) e pela Philosophische Fakultät-Romanisches Seminar (Mannheim). É professora do Departamento de Letras da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e tem desenvolvido estudos (pragmático-discursivos e culturais) sobre identidade e memória.



CLAUDIA ROBERTA TAVARES SILVA

Claudia Roberta Tavares Silva é doutora em Linguística (2004) e pós-doutora (2016) nessa área pela Universidade de Lisboa (UL). Atualmente é professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) e do Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), atuando nas áreas de Letras e Linguística, com ênfase em Teoria e Análise Linguística, centrando a atenção principalmente nos campos da sintaxe, da morfologia e da variação linguística.



HELENA TOPA VALENTIM

Helena Topa Valentim é doutora em Linguística e professora do Departamento de Linguística da Universidade Nova de Lisboa. Desenvolve investigação nas áreas de semântica, linguística do Português e linguística e ensino do Português no Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa. Colabora noutras Unidades de Investigação, nacionais e internacionais, com participação em projetos ligados ao ensino do Português e à descrição do funcionamento da linguagem e das línguas naturais.